Pesquisar neste blog

Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

SEMINÁRIO PODE GERAR SOLUÇÕES AMBIENTAIS



Um dia após a assinatura de contrato entre a Transpetro e a empresa que construirá o estaleiro em Araçatuba (24), o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho Carlos Farias saudou oficialmente, em nome do prefeito Cido Sério, participantes do seminário Em Dia com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal 12.305). “Num momento em que tem início o projeto de estruturação da logística para escoamento do etanol, é preciso dimensionar a questão ambiental. Por isto, a contribuição de especialistas é fundamental para pensarmos em soluções para a cidade e região”.


Farias falou na cerimônia de abertura do evento realizado no Mariá Hotel pela Associação Brasileira de Engenharia Ambiental (ABES) em parceria com o Governo Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade. O secretário Jorge Héctor Rozas (Meio Ambiente) foi um dos palestrantes com abordagem sobre a atual situação do Município em relação aos resíduos sólidos. Os secretários Éderson da Silva (Planejamento Urbano e Habitação), Tadami Kawata (Obras e Serviços Públicos) e o vereador Cido Saraiva também participaram.

“O saturamento das estradas, especialmente no Estado de São Paulo e os resíduos gerados por caminhões são temas que precisam ser debatidos pelo poder público e parceiros da iniciativa privada. O prefeito Cido Sério está focado nessas questões e entende que os investimentos precisam ser feitos de forma ordenada, para garantir sustentabilidade ambiental e qualidade de vida à população. Por isto, está convicto de que esse debate é essencial”, arrematou o secretário Carlos Farias.

O seminário Em Dia com a Política Nacional de Resíduos Sólidos foi aberto pelo empresário Fernando Dib Daud, da Monte Azul Engenharia Ambiental Ltda., que apoiou o evento. O Comitê da Bacia Hidrográfica do Baixo Tietê, Associação dos Engenheiros da Alta Noroeste (AEAN) e Sindicato dos Engenheiros de Araçatuba foram parceiros na realização. Várias empresas do setor (equipamentos de limpeza pública, para saneamento, reciclagem, trituração, veículos especializados) expuseram produtos e serviços.


Para ficar em dia com assuntos referentes à Lei Federal nº 12.305, que instituiu em 2 de agosto de 2010 a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e que representa um marco no setor, o seminário teve as presenças da gerente de Projetos de Resíduos Sólidos da Secretaria de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades, Nadja Limeira Araújo, com o tema Políticas Públicas, Ações e Programas na Área de Resíduos a cargo do Ministério das Cidades e do especialista em gestão ambiental José Valverde. Ele é secretário parlamentar do deputado federal Arnaldo Jardim, relator da lei.

A vereadora Edna Flor relatou experiências da Acrepom (Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Materiais Recicláveis de Araçatuba), que ajudou a fundar em 1996, com a palestra Papel da Cooperativa na Cadeia Produtiva. O Ecotudo, recente experiência de seleção e destinação de materiais inservíveis foi apresentado pelo secretário de Meio Ambiente de Votuporanga Gustavo Gallo, enquanto a superintendente da Caixa Econômica Federal de Presidente Prudente Célia Marisa Molinari detalhou linhas de financiamento. O seminário foi encerrado com abordagem sobre Índice de Qualidade de Aterros de Resíduos como Instrumento de Gestão, com o engenheiro José Maria Morandini Paoliello, que é gerente da Agência Ambiental CETESB de Araçatuba.

------------------------------------------------------------------------
Secretaria Municipal de Comunicação Social (SMCS)
Prefeitura Municipal de Araçatuba • PMA
(18) 3607.6611
www.aracatuba.sp.gov.br
-----------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário